6 de julho de 2016

não faz mal que me
dispa devagar,
sei o peso de cada uma
das minhas armaduras
não se apresse em reler
as desculpas amareladas
e desdobrá-las para me
retirar todo argumento
demore o tempo necessário
para me encontrar por trás
dessa possível imóvel rocha
até ser capaz de se encantar
depois da nudez exposta

Cáh Morandi

Nenhum comentário:

Curta