7 de fevereiro de 2016

sei mais das coisas que 
não tenho do que há
agora em minhas mãos
a falta - essa ausência
da qual não possuo controle-
tem intimidade comigo

tem espaços pela alma
jardins aparados, muros edificados
e se governa, como se 
meu coração fosse forasteiro
em meu próprio corpo

peregrino em mim, ao redor de
tudo que desejo

Cáh Morandi

Nenhum comentário:

Curta