30 de junho de 2015

Sou frágil, amor.
Por trás das palavras
sou só silêncio; por trás
da armadura sou só
desejo; por trás da negação
sou amor, confesso. Me
toma do que penso.
Tua palavra será
meu destino.

Cáh Morandi

Um comentário:

Bell disse...

Adorei!!

bjokas =)

Curta