17 de janeiro de 2014

sinto paz em nosso amor
discreto das agitações
do beijo leve, que leva
do abraço seguro
com ar de liberdade
e gosto da forma
que pesas teu peso
e demoras afundando
teus olhos nos meus
até me encontrar tua

uma leveza em nós
com a infinidade
de sermos
sempre


Cáh Morandi

Nenhum comentário:

Curta