23 de junho de 2013

poesia de domingo


Poesia é cada manhã de domingo, é despertar do sonho na segurança do abraço, é alvorecer dentro da preguiça das horas, é tardar nos planos, é transferir a fome para matar a sede, é comprometer o juízo pelos lençóis, é demorar na respiração para se reconhecer no cheiro do corpo amanhecido, é recontar os arrepios da pele para se perder no calafrio, é adoçar o beijo ainda nos próprios lábios, é abrir os olhos para cerrar os cílios da alma, é não ter pressa de se reconhecer para ser anônimo na dor, é buscar o livro da cabeceira para redecorar o vocabulário, é adiar o movimento para estremecer na permanência, é procurar as costas debaixo das cobertas para deitar o toque. Poesia é sempre um domingo, é sempre esta manhã em que posso escolher as palavras. Tua voz penetra calmamente meus ouvidos e me convida para namorar o dia. Hoje só serei encontrada no amor.

Cáh Morandi

2 comentários:

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Poesia é restabelecer os caminhos do coração para vislumbramos os encantos que se anunciam no singelo momento de celebrar o amor. Poesia é amar. Amor é poesia.

Lindo!!

steve disse...


شركة تنظيف سجاد بمكة شركة تنظيف سجاد بمكة
شركة تنظيف سجاد بالمدينة المنورة شركة تنظيف سجاد بالمدينة المنورة
شركة تنظيف سجاد بالدمام شركة تنظيف سجاد بالدمام
شركة تنظيف سجاد بجدة

Curta