22 de março de 2013

sobrenome


ah, como eu me sinto plena
quando ouço você me chamar
pelo meu sobrenome –
que por acaso ainda não é o seu –
quando vou poder me enfeitar
com a dureza e leveza da tua história?
não se engane, isto não é um pedido
é um jeito de dizer que vou contigo
até você querer meu sim.

incompleto-me. não é só teu sobrenome,
é minha vida que continua e se completa na tua.

Cáh Morandi

2 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Qualé, gata, tipo Sandy & Júnior? - a canção do juntar meu sobrenome ao seu?

Peu Rocha disse...

lindo d+ ... fiquei fã :)
te espero no meu blog, gostando pode ficar :)
bjs

Curta