21 de março de 2013

entre seus braços


o seu abraço começa se abrindo
sobre meu peito e se fecha como um laço
a se enfeitar em minhas costas
vejo como ele gosta de me embrulhar
como seu presente, me guardar
para um futuro, de repente

se eu pudesse escolher, escolheria
me confessar frágil e não ser -
não me deixe sair daqui, dos 
teus braços -
minha estrada é permanecer.



Cáh Morandi

Curta