27 de fevereiro de 2013

im-pressão




me deixa ir
não prenda meu amanhã
na tua incerteza

já que tua idéia muda
a cada segundo
se me ama ou não
ao menos me poupe
de dias longos
dois a dois na solidão

deixa nossos dedos
se descruzarem
nosso olhar se desenfeitar
ao menos quero
te guardar
no instante da
primeira vez

Cáh Morandi

Um comentário:

Priscila Pedrin disse...

Gostei!

Grata!

Curta