15 de fevereiro de 2013

amor é acontecer


Aprendi com muita pancada da vida, que amor a gente nunca deve pedir. Mesmo que a gente precise muito, mesmo que a falta dele nos tire os últimos respiros de ar. Amor mendigado não é amor, pode ser qualquer coisa perto da ilusão ou do desprezo, mais do que isso não. Amor deve nos chegar gratuitamente. Sutilmente se penetra na solidão dos dias, recolhe as lágrimas, abre as janelas das noites mais frias, apaga as palavras que cortaram, lava nosso rosto, redescobre nosso riso. Não nos pede nada, nem aceita pedidos. Amor é acontecer.

Cáh Morandi

Um comentário:

Alexandre Lucio Fernandes disse...

Amor nasce na espontaneidade, na troca bela de descompromissos sutis, de encantos ofertados sem propósito de volta, mas com objetivo de acariciar. Amor que é amor voa como beija-flor. Livre e solto, ele nunca deixa de voltar nas flores que ama.

Lindo blog!
Beijo!

Curta