25 de dezembro de 2012




Em alguns dias odeio a solidão. Amar e não pode estar é tão injusto. Quero dizer neste silêncio em que me encontro, nesta saída de cena forçada que te amo não apenas quando te tenho, mas mesmo quando não mais te alcanço.

Cáh Morandi

Um comentário:

Val Santiago disse...

Você parece ouvir o coração e ler os pensamentos das pessoas.Isso só os poetas sabem fazer. Ainda bem que você é um deles.

Curta