26 de dezembro de 2012

26.12.12

não há como me colocar para fora
nem me eliminar, maquiar que em ti estive
porque ainda permaneço e me estendo
e me agarro por todos os poros
e vivo não porque quero,
mas porque me regas,
ainda que discretamente,
silenciosamente,
pertinentemente.

Cáh Morandi

Nenhum comentário:

Curta