4 de novembro de 2010

do lado

Que não fosse nada, que não tivesse descompassado o coração, que não alterasse o destino do sangue que corria nas minhas veias, que não comprometesse minha expectativa, que passasse de leve, quase que imperceptivel do meu lado. Mas você veio com tudo, suspirou e me roubou o ar, me tocou e tatuou toda a pele. Podia ser quase nada, podia ser só um rosto e um endereço, podia ser despercebido. Agora é o livro preferido da minha estante, meu nome predileto. O que importa mesmo agora, é que uma coisa muito bonita está para acontecer na minha vida, na nossa vida. Te espero, ansiosa e atenta.

10 comentários:

Thammy disse...

Uma euforia verdadeira. Barulheira incontida do coração que bate frenéticamente, querendo, sentindo e pedindo. É dessa música que gosto, do arrepio indomável e do sentir inexplicável.
Que lindo Cáh! Torço aqui, para que o que esperas, venha e que seja logo.
Um beijo!

Colombina disse...

Presságio, eu diria.
Lindas suas palavras, tanto aqui quanto nos outros cantos que escreve.

;*

Winny Trindade disse...

Nunca desisto de esperar!

Lindo e profundo, como sempre.

Abraço meu.

Priscila Rôde disse...

Acabo de escrever algo cujo nome é "Te espero", daí entro aqui e encontro essa lindeza!

"Mas você veio com tudo, suspirou e me roubou o ar, me tocou e tatuou toda a pele."

Que maravilha, Cáh!

Taíse Marques disse...

Que texto magnífico! Fiquei tempos olhando aqui esse texto e vendo um filme passar na minha cabeça...

Lindo, lindo!

Sabiana M. disse...

E a espera é tão bonita... quando o que está a caminho é mais!

bjus

Michele disse...

Sempre doce, sempre intensa, sempre arrasa. Adoro tua escrita.

Um beijo
Mih

Madonna Cardoso disse...

Que espera gostosa, lindo o seu texto/ poema. Parabéns pelo o blog, você escreve muito bem!

Estou te seguindo, passa no meu:

www.umeternorecomeco.blogspot.com

rívea duarte disse...

e eu espero! texto maravilhoso, Cáh!

um beijo,
,)

Cristiane disse...

Que maravilha, Cáh. Me leste! Rs Bjks de luz sempre

Curta