24 de junho de 2010

ao que importa



Desisti de salvar o mundo
quero salvar somente o dia
salvar a alegria do nosso encontro
então me preocupo em manter
a doçura do rosto
a leveza do traço
o balançar do corpo
meu corpo em teu abraço
então me despreocupo
me ocupo ao teu agrado
é isso que vale
o resto ao acaso
.
.
(Cáh Morandi)

11 comentários:

ErikaH Azzevedo disse...

Tão bom esse deixar-se levar.

Suave sim mas ao mesmo tempo intenso.

Menos dilacerante, mais aconchegante.... bom demais de se sentir.


Bjo Cah


Erikah

Marcos Satoru Kawanami disse...

essa foto também ficou boa.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Também estou assim

Aprendendo a viver um dia de cada vez.


Beijos meus.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Nesse caso, a minha preocupação maior seria salvar só o momento.

Beijos e ótimo final de semana.

Furtado.

disse...

Nem sei como aqui cheguei, mas amei!e por aqui ficarei!
Bjos Cáh! seus textos sao maravilhosos!

Mateus Araujo disse...

Eu podia me despreocupar assim *___*

Priscila Rôde disse...

Desistir de salvar o mundo faz um tempo e até o dia tem sido demais pra mim.


Adoro tudo o que você escreve!

Um beijo, Queridona.

Eliane Martins disse...

Ah como é bom a doçura de deixar-se ir. Eu vou cada vez mais. Amei! está referenciada no meu blog!

bjus adocicados

Cris de Souza disse...

Inspira-me!

Pedro Melo disse...

é linda escrita ... natural e leve.
demais!
beijo

looking4good disse...

Carine, sei que amanhã - 14 de Agosto - é dia especial...

Tenho um blog onde a poesia associada às efemérides ocupa um lugar de destaque. Importa-se que lá reproduza este «ao que importa» (naturalmente com referência à sua autoria e com link para aqui?

Um bom fim de semana, com sorrisos, flores e ...poesia!

Curta