26 de janeiro de 2009

abrir-me


meu olhar e minha paixão
pelas coisas de fora
me fascinam e quase me levam
apesar da beleza quase que irresistível
apesar da doçura e do deslumbramento
apesar da vontade e querer de estar longe
a vida é uma cilada sem chances de fuga
eu quase me esqueço, mas quando me toco
quando a ventania começa a soprar mais forte
me vejo, me tenho e me lembro:
o amor é uma porta para dentro.


(Cáh Morandi)

19 de janeiro de 2009

meu lar


não precisa marcar hora
odeio datas, odeio dias
nada que tenha contagem me agrada
nada me seja marcado com antecedência
é bom surpreender-se com as surpresas
deixar que cheguem as novidades coloridas
no mais, me importa o que sei:
te recebo em cada segundo da minha vida.


Cáh Morandi

16 de janeiro de 2009

sobre a música

Gockel music life


uma música nos guarda
nos conta, nos canta
nos dança

nos une
quando a gente se perde
nos lembra
quando a gente se esquece
que amou
nos traz um passado
como um presente

uma música
é um segredo revelado



(Cáh Morandi)

7 de janeiro de 2009

sobre adormecer


de tudo durante a vida
sempre valerá a pena
todo perder, todo ganhar
todo partir, todo ficar
todo encontro, todo desencontro
todo choro, todo riso
a vida é mesmo isso
mesmo que a gente não veja
há tempos de cegueira passageira
em que os olhos serão esquecidos
mas por todo sonho que será sonhado
valerá à pena ter adormecido
.
.
(Cáh Morandi)

4 de janeiro de 2009

gravidez imaginária


homens não sabem
que não é só de filho
que mulher engravida
fazem a gente sonhar
(re)planejar uma vida
recalcular todos os planos
(não incluir os danos)
dizem que amam
(nem sempre sentem)
dias desses largam
a gente por coisa qualquer
não sabe o homem
que deixou grávida
uma mulher
de fantasia






(Cáh Morandi)

Curta