16 de julho de 2009

desencontro





Remexo dentro de mim,
nem sempre é fácil
saber a parte de nós
que ficou no caminho:
toco... faço a ferida arder.
Sentir a ferida, é a maneira
mais rápida de curá-la.

"Nada em mim foi covarde,
nem mesmo as desistências:
desistir, ainda que não pareça,
foi meu grande gesto de coragem."

(Caio F. Abreu)



Cáh Morandi

19 comentários:

Fred Matos disse...

A renúncia é, na minha opinião, o maior ato de coragem que podemos cometer, pois para renunciar o indivíduo precisa vencer a ambição de possuir, o medo de perder e tantos outros impulsos humanos, uns instintivos, outros culturais.
É também por isso que um dos meus poemas preferidos de Fernando Pessoa é Abdicação:

“Toma-me, ó noite eterna, nos teus braços
E chama-me teu filho.
Eu sou um rei
que voluntariamente abandonei
O meu trono de sonhos e cansaços.
Minha espada, pesada a braços lassos,
Em mão viris e calmas entreguei;
E meu cetro e coroa - eu os deixei
Na antecâmara, feitos em pedaços
Minha cota de malha, tão inútil,
Minhas esporas de um tinir tão fútil,
Deixei-as pela fria escadaria.
Despi a realeza, corpo e alma,
E regressei à noite antiga e calma
Como a paisagem ao morrer do dia. “

Beijos

Marcos Satoru Kawanami disse...

desistência e perseverança

existência é esperança?


=D
marcos

Búh. disse...

Mais uma vez.. só elogios!
parabéns!

Mari disse...

Lindo! ...

Deise Leal disse...

Verdade! As vezes desistir é o maior ato de coragem. seguir sem olhar pra tras... Sem culpas!
bjo, adorei!

Cris de Souza disse...

Ler-te é puro deleite.

Amo-te !
Beijo, preciosa.

Super Lana disse...

Muito lindo
sensibilidade imensa!!!


Bjussssssss

Anônimo disse...

menina, que blog mais lindo! isto é um achadoooo!!!

minha amiga me mandou este poema pro meu orkut e sabia que teria mais coisas boas por aqui!(bendito google!)

bj, parabéns pela tua sensibilidade e profundeza de palavras!

gisele
www.inventandoagentesai.blogspot.com

PATRICKÍSSIMO disse...

Sentir a ferida é a maneira mais rápida de curá-la.

*Eu sei
As cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci

(*Trecho da música Fera Ferida, de Roberto e Erasmo Carlos)

Abraço.

Estive por aqui.

dor@ disse...

Cáh, minha linda...
Postei sua poesia hoje, no meu blog.
Tenho sua poesia no meu perfil de hi5.
Posto suas poesias sempre, em recados de amigas.
Você a cada dia se supera...
Adoro sua poesia! adoro você!!

Pedro Melo disse...

muito bonita a poesia!!

Sammy Little disse...

que lindo!
vc realmente tem talento...
posso copiar alguma coisinha daki??
é td tão lindo..mas não se preocupe, te dou td o merito necessario..^^
bj

Dilean de Bragança disse...

BINGO!
Gosto muito de te ler, como sempre.

Bjus

Dilean de Bragança disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Dilean de Bragança disse...

Vou mais volto!

Lu Olhosde Mar disse...

ate pra deistir precisa ter coragem!

Henrique Rodrigues Soares disse...

Cáh, foi um prazer conhecer seu blog, de uma poesia atual e sensivel, esta poesia faznos sentirmos tão pessoais, intímos de nós mesmos.
Sds.

Neyva Daniella disse...

Amei seublog que conheci hoje.
Me remeteu a Clarice que disse que a desistência é uma revelação...
Muito feliz por seguir você!

Meiqing Xu disse...

true religion outlet
ferragamo shoes
ralph lauren
coach factory outlet
coach factory outlet
birkenstocks
asics outlet
nike air force 1
polo ralph lauren
reebok shoes
uggs outlet
christian louboutin
louis vuitton handbags
louis vuitton outlet
timberland boots
the north face
timberlands
ralph lauren outlet
michael kors outlet clearance
longchamp outlet
cheap jordans
michael kors outlet clearance
nike free flyknit 4.0
canada goose jackets
hollister clothing
air max 90
coach outlet online
yeezy boost 350
moncler jackets
coach outlet online
red bottom shoes
burberry sale
polo ralph lauren
stephen curry shoes
coach outlet
zhuo20160803

Curta