14 de junho de 2009

June 14

for those who love, more than chocolate
.
.
quando deixamos a distância existir?
quando desistimos pela primeira e errada vez?
quando aceitamos deixar o amor passar?
ainda penso receber recados teus vindo da Irlanda,
New York, Alemanha, Siri-Lanka ou Mariscal
ainda penso em uma palavra bonita tua
que me despertasse para sonhar
ainda tenho medo de caminhar na praia
quando é noite,
mas tua falta me fez mais corajosa
depois de tantas madrugadas que
tenho atravessado


(I spend hours n' hours thinking about you...)

as palavras que um dia te trouxeram
não irão trazer de novo
e eu tento te imaginar
como um dia te amei sem conhecer teu rosto
como o dia em que te gravei entre carne e pele
planto lírios como quem planta um acervo
para as memórias
planto lírios como quem espera o amor
florescer em breve

(I spend hours n' hours thinking about you...)

que um amor te aconteça
que um amor te salve
que um amor te cuide

(I spend hours n' hours thinking about you...)


continuo te escrevendo
para que meu coração se inspire
para que meu coração se lembre:
.
(I spend hours n' hours thinking about you...)

12 de dezembro
meu futuro não
será melhor que
aquele dia
.
.
I spend hours n' hours thinking about you...
I spend hours n' hours thinking about you...
I spend hours n' hours thinking about you...
.
.
Cáh Morandi

13 comentários:

Anne Scandell fadacom disse...

Sentir com intensidade as palavras brotarem e assim trazerem de novo quem ou o que procuramos, desperta a beleza que o amor consegue fazer. Então com a intensidade o amor contido nas palavras nos salvará do tédio. Adorei seu texto. Bjao encantado de uma fadinha que te admira muito.

Marcos Satoru Kawanami disse...

alemanhã foi chiquenoúrtimo!

eu não conheço a Irlanda, mas minha irmã morou lá, e sei que é campesina, apesar das fábricas, e o clima é frio à meu gosto. país pobre na comunidade européia.

Cris de Souza disse...

Não carregas a veia, de corpo e alma és a poesia encarnada.
Dom de encanto, destaque maior tens no meu seio.

Orgulho tenho eu de ti.
Minha menina, amo-te !

Thaysa Cordeiro disse...

Talvez a melhor parte do amor seja a saudade...

:*

Dilean de Bragança disse...

"que um amor te aconteça
que um amor te salve
que um amor te cuide"

AINDA BEM QUE ESSE AMOR EXISTIU, CASO CONTRÁRIO COMO SERIA ESSE ESPAÇO SEM ESSA JUNÇÃO DE PALAVRAS COM CHEIRO DE SAUDADE!

Com entendo este amor que te faz versejar pelos póros!

Como entendo cada palavra que chora disfarçada de letrinha!!!

Como amo-te sempre e ainda tb por isso!

Qdo te chamei de minhamaninha, te vi pela sua alma, ela tinha a face parecida com a que mora em mim.

Meu carinho e afeto permanentes.

Bjus apertados.

ETAM.

Fada Dinarah disse...

Cada palavra sua vem de Deus Amor brota em vc todos os dias e vc os repassa para nós em suas lindas palavras adoro seu trabalho !!!
bjus!!!
")

Sonia Regly disse...

Querida Cáh,
Coloquei seus maravilhosos poemas lá no Compartilhando as Letras.Beijos

Sonia Regly disse...

Querida Cáh,
Coloquei seus maravilhosos poemas lá no Compartilhando as Letras.Beijos

Dilean de Bragança disse...

Minhamaninha amada!

Onde anda vc? Em que estrela vc se escondeu?

Espero que td esteja certim!

Meu carinho e afeto permanecem!

Bjus apertados de novo.

Saudades. ETAM.

Sonia Regly disse...

Vou linkar esse maravilhoso Blog , para trocarmos informações e visitas.Se quiser linkar o meu Compartilhando, ficarei honrada.Beijos.

Felinea disse...

e, depois de tudo passado, olhai os lírios do campo. e sorri :))

beijo doce, Cáh, querida.

Anne Scandell fadacom disse...

Cáh, aproveite as festas juninas, pois nessa época os seres místicos nos inspiram sempre mais.
Bjão encantado de uma fadinha que te admira de muitão...

Dilean de Bragança disse...

Saudades!
Bjus

Curta