2 de dezembro de 2008





Não há cura para
o que se sente
dizem que há o tempo
e que ele trata de amenizar

Já que tudo tem que passar
quem sabe eu passe por você
enquanto o tempo não chegar
ou se de repente, ele se esquecer




(Cáh Morandi)

6 comentários:

Abraão Vitoriano de Sousa disse...

sempre dando aquela escapulida básica por aqui... o seus refletores me inundam com tamanha facilidade... muitas estrelas pra ti, e até mais...

Robson Ribeiro disse...

Cáh, o tempo é tão bom, né?
Principalmente porque aprendemos a viver enquanto ele passa...

Belo Poema!

Beijos!

Lalo Oliveira disse...

Não sei se seria bom caso o tempo não passasse, se esquecesse. Há tantas coisas que devem passar, e tantas outras por vir...

=*

www.poeses.blogspot.com

Wanessinha disse...

encantei-me !

Jaquinha... disse...

Sabe... há tempos que leio algumas das suas poesias soltas por aí... finalmente encontrei-te. Estou feliz por isso.
Vou linkar-te.
Beijos

flordeluxo

Juana disse...

... e quando a gente vê o tempo passou...

Curta