23 de novembro de 2008

with closed eyes


para as coisas que existem
sem remédio, sem solução
que te tragam tédio,
desespero, frustação
há outras mil coisas
que são bonitas
que são doces
que são felizes

e se você não achar
nada de bom ou de maior
você cria alguma coisa
qualquer coisa boa que não existe

e se você botar fé nisso
essa coisa vai começar a existir
mesmo que ninguém veja
mesmo que só você acredite



(Cáh Morandi)

12 comentários:

Iza disse...

Olá!
Sempre visito o seu blog, e passear por aqui me deixa renovada.
As palavras de hoje me fizeram acreditar... Por isso saio daqui sorrindo.
Parabéns!
Grande abraço

Edu disse...

Tu és a mulher mais íncrivel, sensivel e inteligente que conheci. Tuas palavras e tua beleza vão ganhar o mundo.

Não existiu poetisa mais linda.

Bj,
Edu

Amanda disse...

Menina, que coisa mais linda! Que sensação agradável ao ler esse poema.
Parabéns! Admiro o blog desde a primeira visita.
Beijo, dona Carine! =)

Amanda disse...

Menina, que coisa mais linda! Que sensação agradável ao ler esse poema.
Parabéns! Admiro o blog desde a primeira visita.
Beijo, dona Carine! =)

Lu Olhosde Mar disse...

puuuuutz! fantastico!

Tatiana disse...

Mesmo que só voce acredite!

Beijos

Cris... disse...

Mesmo que, por vezes, a gente desacredite e aí, aí a gente uma coisa linda dessas e fica impossível não voltar a acreditar... Linda! Bjos

Cris (precisotantoaproveitarvoce.zip.net)

Cris... disse...

Mesmo que, por vezes, a gente desacredite e aí... aí a gente lê uma coisa linda dessas e fica impossível não voltar a acreditar... Linda! Bjos

Cris (precisotantoaproveitarvoce.zip.net)

Anônimo disse...

Querida,
mais um com a sua marca!
Êta, mulher! Como esse me fez bem...
Beijos,
Marcia

Bela Paulista disse...

Lindo Cah!!! mto otimista e positivo, sensível, adorei...mil beijossssss!

Sayô disse...

Olá. Minha primeira vez por aqui.
Fico mto feliz em descobrir sorrisos, descobrir flores, descobrir belezuras ... não desisto nunca disso ! Pois, tem uma força mto forte, q me incentiva, mesmo nos meus momentos mais mórbidos. Que é justamente o q vc relatou nessa poesia, e chama-se : FÉ!

Adicionei seu blog, no meu, e te seguirei pela blogosfera.

Beijos

Anônimo disse...

oi Cáh!
sou amiga da Carol, da Vanessa, da Fabi, todas que amam muito e por isso sofrem, faz tempo que acompanho seu blog e me identifico com o que escreve. Também escrevo mas ainda não tive coragem de expôr...rss
Amo a tua maneira simples de dizer coisas complexas e a teu jeito delicado de dizer coisas que nos machucam...

Sobre "with closed eyes"...há três anos procuro o tal remédio, já criei tantas coisas que já perdi a conta e nada funcionou, ah! essa gravidez que não termina...

beijo no coração, Anna:)

Curta