9 de novembro de 2008

Que me leve


Mas era isso, e ninguém sabia
Que eu te queria, eu tinha um silêncio
Mas era isso, e era uma vida
Que eu te daria por um pensamento

Mas era risco, e alguém havia
Que eu te cabia, eu tinha um corte
Mas era risco, e era uma via
Que eu te percorria por uma sorte

Me fez uma pequena maravilha
Me ilumina, eu viro estrela matutina
Que ainda de dia não pára de brilhar

Me fez uma grande ventania
Me fascina, eu reviro madrugada
Que ainda calada não para de vibrar



(Cris de Souza e Cáh Morandi)

5 comentários:

Guta :) disse...

lindo...

Diana Borges disse...

Cris e Cáh, não podia ser mais perfeito.

Felinea disse...

leve e lindo!

:)

Cris de Souza disse...

versos contigo faz nascer flor no umbigo.

amo-te, meu lírio !

Jéssica V. Amâncio disse...

Amei o jogo de palavras. parabéns aos dois!

Curta