7 de novembro de 2008

Furacões e Suspiros


Você que me pega pelos braços
me jogando no meio de uma tempestade
afundando um olhar tão castanho

me toca, acorda os vulcões adormecidos:
eu que adoro me queimar no fogo

me gira, desperta em mim um furacão:
eu que não sei lidar com os ventos,
que perco o ar enquanto te admiro,
eu que já me contento em soltar
no teu pescoço um suspiro



(Cáh Morandi)

2 comentários:

Jéssica V. Amâncio disse...

nossa... ótimo :) quando li eu é que tive que soltar um suspiro.
'eu que adoro me queimar no fogo' adorei.
=)

ela. disse...

porque se perder no outro, tem suas vantagens.

:*

Curta