18 de outubro de 2008

Ilumina-me



o sol reflete direto no seu sorriso
e isso não é certo, isso não é bom
o reflexo bate em mim
fico assim, quase cega
de te procurar, ver você radiar
e você quase vira uma estrela
em plena manhã de sexta-feira
no meu quarto escuro
risos e absurdos
você que brilha,
você que me faz brilhar

isso não é certo,
você sair pelas ruas
andando sem pressa alguma
enquanto fico na loucura
de tanta gente te fitar
você que é tão bonito de olhar
essa multidão que te cerca
mas você é a coisa mais certa
aonde quero chegar
você que apaixona,
você que me faz apaixonar



(Cáh Morandi)

3 comentários:

Flor ♥ disse...

Oi, Cáh! Como sempre, fazendo uma visitinha neste seu espaço tão lindo, e aproveitando prá fazer um convite: "Adoção, um ato de nobreza". Que tal participar da Blogagem Coletiva??? Mais informações em:

http://saia-justa-georgia.blogspot.com/2008/10/adocao-um-ato-de-nobreza.html

Beijos!

Anônimo disse...

Cáh...adorei esta poesia!

logo estarei postando em meu blog!rsrs

Vc é super talentosa,Parabéns!!!...

BjinhOoo...SHALOM...

ZANAH...

Textos & Pretextos disse...

Amiga, visito teu blog pela primeira vez. Tuas poesias são lindas!
Um beijo
PS: Tenho uma página no Multiply, luizfelipecoelho.multiply.com, lá é bom para divulgar poesia. Se você puder, aparece!

Curta