28 de agosto de 2008

Mais perto



Não te tocar
Não saber o teor da tua pele
Não te sentir
Não descobrir como vibra tua voz
Não saber o que não é segredo
Nenhuma desconfiança
Nenhuma esperança nula
Algumas palavras vagas
Por não saber dizer
As palavras certas
Que te levariam a
Um sim, que te
Trouxessem para
Mim, que nos fizesse
Mais perto



(Cáh Morandi)

4 comentários:

Laércio Muzy Campos disse...

Lindo! Esperança de um amor platônico como estou sentindo atualmente...

Luna Sanchez disse...

Lindo, lindo, lindo...a imaginação e a emoção se encarregam de construir o que não podemos ver, tocar, sentir...

Carla Arend disse...

me lembrou absurdamente de caio, em pedras de calcutá:
"Não te tocar, não pedir um abraço, não pedir ajuda, não dizer que estou ferido, que quase morri, não dizer nada, fechar os olhos, ouvir o barulho do mar, fingindo dormir ,que tudo está bem, os hematomas no plexo solar, o coração rasgado, tudo bem".

Lindos!

Carla Arend disse...

coisa de sonoridade poética.
adoro...

Curta