26 de junho de 2008


pelas saudades que virão
nesse poema eu faço
um apertado abraço
para os dias de solidão



(Cáh Morandi)

10 comentários:

Anônimo disse...

S-audade que possa crer
A-o peito de mal estado
U-m gosto infortunado
D-a pena o bem 'screver.
A-ssim fique apertado
D-as linhas o meu querer
E-star sempre abraçado.

Cris... disse...

E que assim seja D.Moça das poesias mais bonitas... Um abraço na poesia... lindo! Beijo Cáh

Sabrina disse...

abraço guardado!
que delícia!
adorei o poema...
um beijo
:)

Anônimo disse...

Adorei o poema e a figura.
Você, sempre especialmente sensível.
Beijos,
Marcia

Spanish Eyes disse...

muito fofo ! Adorei! Beijos!!!

A. C. O'Rahilly disse...

doces

Anônimo disse...

Não aceita críticas, eihn???
>
Uhnm...
>
Não apague os comentários!!!!

Ni ... disse...

Saudade realmente pede abraço...

Beijo e mais beijos...

Ni ... disse...

Moça linda, tem um mimo pra você nos meus rastros... rs

Beijo e mais beijos...

Fabrício disse...

Que lindo esse! Redondinho!

Curta