8 de maio de 2008

Bem se quer


Não vou ser uma estrela
não vou ser nada que apareça
somente algo que se pareça ao máximo comigo
ser um lírio, ser o mar molhando a areia,
ser uma poesia em canto de sereia
ser como um conto, ser como o que não se vê
e que acaba se tornando desejado e bonito
porque pode ser imaginado como bem se quer



(Cáh Morandi)

2 comentários:

A. C. O'Rahilly disse...

ambos são lembradas

Ni ... disse...

Sempre textos lindos...
Parabéns Poetisa!!

Curta