3 de abril de 2008


e se eu tiver morrendo
desaparecendo, assim
feito fim de dia?

Vê se vai lembrar
de pensar em mim
um pouco por assim
das coisas que eu fazia

não esquece a geladeira aberta
nem as louças sobre na pia
recorda de como eu sorria
apesar da vida ser incerta

e assim eu vou arranjar um jeito
de viver só pra ti para sempre
aparecer para me dar de presente
ser um amor que não se esquece

(Cáh Morandi)

Nenhum comentário:

Curta