16 de março de 2008

Meu Mundo






Não sou sua
Sou da rua
Sou estrela
De céu e de mar

Não sou minha
Sou do avesso
Sou refresco
De brisa a sonhar

Crio um mundo
De cores claras
Poesias raras
Flores pra beber

Sinto profundo
De respirar magia
Rimas de amor
Pétalas pra colher


~Cris Poesia & Cáh Morandi~

Um comentário:

Henrique disse...

que linda, recebi como uma canção! Muito bom participar do seu mundo de cores claras
e poesias raras... tudo de bom!

obs.: adorei o violão com violino, também muito poético.

Curta