10 de março de 2008

Balancê


Os cabelos livres
Brincando com o vento
Contra o claro do céu
Faziam rima e verso

Balançar de ourives
Embalando sentimento
Descobertando o véu
Sonhos de seu universo

Pés que não tocam o chão
Que apontam ao paraíso
Afeto, tua varinha de condão
Coração de amor vestido !


~Cris Poesia & Cáh Morandi~ ~

Nenhum comentário:

Curta