10 de janeiro de 2008

Nomes




Quando eu tinha 5 anos, em todos os domingos, ajudava meu pai lavar o carro na grama de nosso jardim. Eu adorava meu maiô amarelo limão que minha mãe me vestia para essa ocasião. Era muito divertido. Mas tudo que é bonito e bom costuma ir embora. Não entendo porque todos esses “milagres” mudam de nome... Que hoje só posso chamá-los de [saudade!].


[ Cáh Morandi ]

Um comentário:

Curta