7 de janeiro de 2008

Farsa




Nada real
No mundo novo


Onde até falsas luzes
(essas não-estrelas)
Querem colorir a noite.


Mas o brilho é fosco
Nada era tão brilhante
Quando ao menos o céu
Era algo de verdade.


[ Cáh Morandi ]

Nenhum comentário:

Curta