29 de dezembro de 2007

Ser-te



Me leva onde posso ficar perto de teu coração
E me acolher entre as têmporas que saltitam
Para que minha alma caiba na calma dessas mãos
E que meus pés se enlacem nos teus passos,
Ficar na paz que somente o teu abraço têm
Contornar o teu rosto e aderir-me em tua pele
Como tatuagem que se adere e marca fundo...
Elevar-me aos céus sob o bálsamo dos teus beijos,
Ser teu insano desejo, ser-te tudo, ser-te a mente,
Ser-te sumo, ser-te gozo, teu amor eloqüente.


~ Cris Poesia & Cáh Morandi~

3 comentários:

CresceNet disse...

Gostei muito desse post e seu blog é muito interessante, vou passar por aqui sempre =) Depois dá uma passada lá no meu site, que é sobre o CresceNet, espero que goste. O endereço dele é http://www.provedorcrescenet.com . Um abraço.

Cris...(precisotantoaproveitarvoce.zip.net) disse...

Cáh, que coisa mais linda! Tudo sempre lindo aqui, passo sempre viu? Beijo grande, menina! Um 2008 de muita paz, luz e inspiração!

A. C. O'Rahilly disse...

sim, "eloqüente"

Curta