28 de dezembro de 2007

Para não te tocar



Solto os cabelos
Para beijarem o vento
Quando aqui dentro
O amor se esconde
Há tanto que não
Se quer sentir,
Mas na cidade vazia
Teu olhar me segue
E no silêncio
Há palavras
De arrependimento
Que flutuam
E pairam perto de mim
No vão
Está teu corpo
E eu não irei
Beijá-lo
Tocá-lo
Na intensidade
Do amor
Para sempre.


[ Cáh Morandi ]

Nenhum comentário:

Curta