2 de novembro de 2007

Jogada ao Vento XIII


Os muitos tons que brindavam
O fim dessa tarde chuvosa
Descoloriam o pequeno
Raio do sol que surgia.
As gotas do céu
Desenhavam a areia,
O ritmo descompassado
Das asas de uma borboleta
Faziam que o mundo girasse...
Eu, presa na paisagem,
Mantinha o corpo firme
No embalo dos movimentos
E uma lágrima tímida
Nascia perto do meu sorriso...
Essa imagem que levo
É um quadro que desejo
No meu melhor lugar
Tudo agia como o amor estranho,
Do qual se conhece a face e a alma.

- Cáh Morandi -

Nenhum comentário:

Curta