3 de novembro de 2007

In the rhythm of the words



Em seus sonhos, cada noite,
Eu danço tão graciosa como uma bailarina
Leve pluma, giros, estrelas no ar,
As mãos suaves desenhando pérolas
E meus pés vestidos de asas
Que ficam no tempo a flutuar
Fico entre passos e deslizes
Ao compasso que tua voz
Canta em minha imaginação


(Como se veste um lírio
De sapatilhas de pano?)



Então, meu corpo
Acorda cansado de manhã,
Mas ri á toa em ver
Que faz você sorrir
Enquanto dorme



Ritmos, movimentos,
Danças, véus,
Mãos, corpo,
Cintura, incensos,
Perfumes, suores,
Invadem no íntimo
De teus secretos pensamentos
Eu danço, meu amor,
Na retina clara de teus olhos,
Sou tua mulher, menina,
Aprendiz de bailarina,
Fazendo uma canção
No ritmo abrangente
De cada palavra.


[ Cáh Morandi ]

2 comentários:

Dilean de Bragança disse...

Que lindo!!!
Como gosto de te ler minhamaninha!!!
Uma semana M A R A V I L H O S A pra ti.
BJUS NA ALMA..

O Profeta disse...

Tu és fantástica...uma actriz! Adorava ter-te na minha companhia de teatro...


Doce beijo

Curta