23 de outubro de 2007

Vais me seguindo




Faz tempo que tempo que te deixei,
Mas tu insistes em me seguir
E ficas aparecendo em meu caminho,
Sendo os raios do sol de meu dia,
Estando no gosto de minha comida,
Na caneta que desenha minha caligrafia,
Ès o som das buzinas no trânsito,
Sorrindo em todo meu álbum de fotografia,
Desces comigo nas escadarias do metrô,
Voas nas asas do avião que me leva,
Te bebo num copo de bebida amarga,
Te leio nos noticiários matinais,
E tua voz vai soando e cantando
Em toda e qualquer música...
E teu corpo vai reluzindo e torturando
Em todo e qualquer lugar...
Fecho meus olhos
E tua imagem surge
Viva em minha mente
Pulsando em meu peito
Mesmo eu tendo partido
Tu vais me procurando
E ficando, ficando,
Em todas as coisas minhas
E surgindo até nas belezas
Que busco no mundo lá fora...

- Cáh Morandi -

Um comentário:

A. C. O'Rahilly disse...

"E ficando, ficando..."


Um perfeito poema.

Curta