30 de outubro de 2007

Se encontrar...




Deves tentar, meu amor,
Em cada arfar de teu ar
Encontrar alguém
Que possas me lembrar!
Vejo que te esforças
E que te lanças
A qualquer sorriso
Fácil, falso e vazio!
Mas vai, meu coração,
Na certeza que estarei
Em algum outro corpo
Na dor de tua saudade,
Há tantos braços
Que se estendem para ti,
E tu vais, como louco,
Mas não há nada
Como eu sou,
E de como te recebo,
E do meu cheiro,
E da força de meu beijo!
Tentes, parte de mim,
Se acreditas que somos
Assim, tão estranhos
Para nos amarmos,
E me diga se encontrar
Alguém capaz
De te fazer sonhar
Enquanto afaga
Teus finos
Fios de cabelo

- Cáh Morandi -

Um comentário:

Anônimo disse...

Comento aqui mas podia ser em qualquer outro lugar desse blog
porque seus poemas são lindos.
Parabéns! Realmente adorei.
Marcia

Curta