7 de outubro de 2007

Pequenos momentos


Tem muita coisa em mim
Que tem saudade...

Meus pés, por exemplo,
Gostavam de brincar
Dentro da banheira com os teus

Meus olhos, sempre atentos,
Observavam os teus
Nos movimentos do amor

Tuas mãos, tão pequenas,
Tremiam e suavam
Na curva de minha cintura


São pelos pequenos momentos
...Que a gente quase morre
...Que intensamente vive
...Que longamente espera


- Cáh Morandi -

Um comentário:

Yohanes Manhitu disse...

Querida poetisa bonita e talentosa,

Os teus poemas me ajudam a conhecer melhor a beleza da língua portuguesa. Boa sorte!

Curta