1 de outubro de 2007

Na estação


A estação estava lotada
E você havia perdido o trem
Rostos estranhos te sorriam
E você querendo chegar a seu lar
Seu corpo cansado e com sono
Desejava repousar em meu peito
Então você me coloca em sua mente
E do bolso retira minha imagem,
Meus olhos pequenos te trazem um pouco de paz
E seu coração viaja até meu encontro
Você sorri, porque eu te amo,
E no meio da multidão agitada
Você é homem mais amado
Portador de meu nome e minha alma,
Minha identidade e meu pensamento

E porque você também me ama
Cedo baterá na porta de nossa casa
E eu poderei te receber com um sorriso.

- Cáh Morandi -

Um comentário:

A. C. O'Rahilly disse...

"E eu poderei te receber com um sorriso."

Que podia qualquer um querer mais do que aquele?

Curta