19 de outubro de 2007

Em segredo


Se me fosse permitido amar
As coisas que não devo
Perderia a graça de viver, pois
O que conduz a vida
É a emoção constante
De amá-las em segredo

- Cáh Morandi -

Um comentário:

A. C. O'Rahilly disse...

da bom....

Curta