1 de outubro de 2007

Certa manhã

Quando o sol aparecer
Vamos unir nossas mãos
Fugir de nossas obrigações
Ao som de buzinas
Entre prédios e avenidas
Iremos passar correndo
E com todos brincando
Até encontrarmos a grama
Onde nos jogaremos
E ficaremos sorrindo
Até que a poesia brote
Dos meus olhos e dos teus

- Cáh Morandi -

Nenhum comentário:

Curta