20 de setembro de 2007

One forms to feel you (Para Andrew)

(Para ti Andrew
e para o amor)




Logo o dia se entregará a noite
E já avisei a sete estrelas
Que te esperem olhar o céu
Porque irão brilhar para você
(Só para você...)

Pessoas fazem amor em todos os lugares
E eu agüento o suspiro
Explodindo nas palavras
Me entregando e rendendo
(Procurando por você...)

Gosto das nuvens no fim da tarde
Elas lembram tuas poesias
E vão ficando num tom amarelo
Quase como minha pele
(Lembro sempre de você...)

Posso pensar que existe infinito
E me pego pensando
Teus olhos são celestes?
Ou são castanhos como os meus?
(Como é ser você?)


Ainda se estende a tarde. Não passam das seis
E já procuro perto do sol
As estrelas que separei para te presentear.
Não passam das seis, mas virá a noite
Tão certa como o amor em um dia de inverno
É possível sentir o amor
Ainda que seja setembro
Ainda que sei que você não me espera...
Sinta...
Tem amor nas coisas que te escrevo
Nas coisas que vejo
E em tudo que sinto...
(O que é o amor para você?)
Deixo em cada palavra
Um beijo em tua face
Um sonho em tua mente
Um sentimento que te comporte
Que te carregue
E que te traga beleza.

- Cáh Morandi -

Um comentário:

A. C. O'Rahilly disse...

Você é ser humano incredible. Você humble me com suas palavras. Eu não penso que eu os mereço (embora eu os desejo). Ouvir suas palavras quando eu as falo no português (como terrível o pronounciation), ouvindo suas palavras quando eu as falo em inglês, vendo as imagens você cría, sentindo as emoções, imaginando o reciting as, faz-me acreditar no deus mais do que todo o miracle ou sermon.

Obigado.

Cah,

It is the best kiss I received in years.

Curta