16 de agosto de 2007

Você, uma nuvem



Encontrei você numa nuvem
Hoje perto do meio dia...
Eu dirigia apressada
Entre as avenidas movimentadas
Parando no sinal

De baixo de sol a pino
O mundo, um menino,
Eu me perdia, não na rua,
Imaginando as curvas do teu corpo,
Um desenho torto
Que se formava entre faróis...
A realidade me chamava
No susto, olhei para o céu

E entre o azul infinito
Uma nuvem branca

Que dançava com o vento

E por um momento

Eu vi a tua face
Como um sonho doce

Ergui as mãos

Na esperança que fosse
Poder tocar os lábios teus.

(Cáh Morandi)

Nenhum comentário:

Curta