22 de agosto de 2007


Se queres, mesmo,
Sem medo,
Para todo o tempo,
Te digo:
É agora!
É a primeira hora
Do dia que surge
E antes que ela passe
Te encha de coragem
Me acorde do sono
Me deixe sem jeito
Me liga, me chama
E diz:
“ Te amo”
E direi:
“Para sempre”
Mas não deixe
Ser duas horas
Não deixe
De balançar meu peito
Porque a vida
Passa tão rápido
Os olhos escurecendo
E queria ser teu sol
De dezembro a dezembro
Vai, porque é o momento...
Agora, em tempo,
Diz:
“ Quer ser minha?”
Eu direi:
“De corpo, alma, Espírito e pensamento”

- Cáh Morandi –
22.08.2007
00:08h

Nenhum comentário:

Curta