20 de agosto de 2007

Foi triste


Que triste foi hoje
Sentar na minha varanda
Me vesti de seda branca
Coloquei uma rosa no cabelo
Me banhei com cheiro de lavanda
Passei de leve o batom vermelho
Daí fiquei lá fora
Seguindo com os olhos atentos
A quem passasse na rua
O sol já ia se despedindo
A noite chegava sem pedir licença
Do horizonte tu não vinhas
Eu fui me entristecendo
Me inundei de tua falta
O brilho no meu rosto foi morrendo
Vou passar noite sozinha,
Amanhã vou continuar te querendo.

- Cáh Morandi -

Nenhum comentário:

Curta