27 de agosto de 2007

Enquanto dormias



Tu dormias com serenidade
Beijei teus olhos e me despedi
Afastei-me, mas voltei a beijar-te
Teus lábios dormentes sorriram
Foi ai que te amei desumanamente
Mais do que a mim, mais...
E tu só sonhavas, amor meu,
Eras um pedaço do paraíso
Que descansava em minha cama
Cantei aos teus ouvidos
Um hino ao teu louvor
Calmo, ainda dormias,
Eu te observando morria
Por te devotar, ali, tanto amor.

- Cáh Morandi-
26.08.07

Nenhum comentário:

Curta