31 de julho de 2007

Para ti

(dedicada à Carla Carolina Pereira)

Se eu não chegar a tempo
Se eu não resistir até o próximo dia
Se eu embarcar sem aviso
Seu eu tomar chá de sumiço
Guarde esse pequeno escrito
Que pode até não ser bonito
Mas que fiz pensando em você
Então, se eu desaparecer
Lembre de relê-lo sempre
Para não esquecer da gente
Para me manter viva em ti
Relembrar da forma que sorri
Enquanto te escrevia esse verso.

(Cáh Morandi)

Um comentário:

marcinhoplugado disse...

Suave, porém, marcante ... ou justamente por ser assim é que marque.
Não sei, o que interessa é que me afetou.
Abraços.

Curta