27 de julho de 2007

Amor livre


Pouco importa
Agora para onde vais
Ficarei no mesmo lugar
E te amarei livre,
Com meu pensamento,
Com meu corpo,
E com minha alma,
Num tempo sem fim,
Numa imensidade infinita
Aprenderás longe de mim
Que o amor não parte
Junto com ausência do outro
Mas será tarde,
Tão tarde como esse poema...
Te amarei livre!
Te amarei como meu!
Te amarei como a mim!
Com o mesmo amor
De cada palavra
Que aqui escrevo
E me despeço,
E te beijo,
E te deixo...


(Cáh Morandi)

Nenhum comentário:

Curta