24 de maio de 2007

Vagos pensamentos de Sicília II

Me incomoda esse frio de outono e principalmente esses cobertores em que me embrulho antes de dormir. Se não fosse o frio e tua ausência, me desvencilhava desses panos todos pra me perder e aquecer entre as curvas de teus braços. Numa noite como essa que passou, onde o vento soprava entre os vãos das janelas entreabertas, desejaria estar contigo nessa cama e sonhar antes mesmo que se fechem nossos olhos, segurar tua mão sempre tão serena entre o espaço quente no centro de meu peito e te falar qualquer coisa de absurdo pra escutar o som de tua risada no quarto escuro. E se pedisses com um beijo, eu te amaria antes de entrelaçar nossas pernas para descansar. Se é certo ou não, isso também não sei, mas não são somente em noites como essas que eu desejo que aqui estivesses.

Sicília*

Nenhum comentário:

Curta