15 de maio de 2007

Sonho recusado




Me transformas-te numa menina
Dessas que andam de salto alto.
Pequenina, minúscula,
Caminhando com a cabeça no ar.
Me transformas-te naquilo que sonhavas
E depois de ver-me pronta, ao teu alcance
Pensou que seria tarde demais sonhar.
...Seria tarde demais me amar.
Eu fico aqui a te esperar em meio ao vento,
Nessas horas que não findam
E eu envelheço mais veloz que o tempo
Na esperança de que se não me queres
Assim jovem, e resplandecendo alegria
Ao menos cansada, envelhecida
Tu me queiras de novo como sonho
E me aceites, amor, em tua vida.

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta