27 de maio de 2007

Sobre o céu



Quando a gente olha para o céu e o vê amarelar
Parece que foi um beijo que ele recebe do sol
Pra perder o azul celeste e começar a terminar
Cedendo espaço lá em cima pra noite chegar.

Por tempos o céu foi a distração de minha infância
Hoje ele me parece algo de tão vaga lembrança,
Que vontade me dá de colorir lá em cima
Uma poesia que tivesse rima e brilhasse!

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta