8 de maio de 2007

Saberemos


Falas assim como se vivesse nos sonhos
...Como se pudesse a qualquer a hora!
Tens qualquer coisa de absurdo,
E é isso que desnorteou meu rumo.
Tenho guardado o beijo que te deixaria mudo
... Eu receberia a tua voz em meus lábios.
Já sabes dos meus olhos castanhos pequenos
Já sabe das noites frias e vãs em que vivemos...
Tens o dom do artesão, e ainda que não creias
Modelaras tantas vezes meu corpo em tuas mãos.
Eu estou com medo que me estranhes
Porque eu sou tão pequena,
E Tu és tão infinito e vasto
Que não me surpreende que comportas o mundo.

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta